PARA REFLETIR

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

SARNEY NÃO É O DONO DO PALANQUE DE DILMA NO MARANHÃO


Dilma, Jackson, Roseana e o Maranhão


Transcrevo aqui, para conhecimento de todos, um trecho da matéria do jornal O Globo sobre o encontro entre Dilma Roussef e a direção do PDT, ontem. Trata-se do caso do Maranhão. Lá, como se sabe, existem implicações eleitorais sérias criadas pelo apoio dado por José Sarney.

Afora a questão de “lista de exigências” – não se começa conversas civilizadas assim – , o registro está feito com absoluta correção, pelo que o reproduzo abaixo.

(..)A principal reivindicação dos pedetistas foi que Dilma suba ao palanque de Jackson Lago, ex-governador do Maranhão que foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por abuso de poder econômico nas eleições de 2006. Lago é inimigo político da família Sarney.

No almoço, que ocorreu na residência da ministra, ficou acertado que Dilma terá palanque duplo no Maranhão: o de Lago e o da governadora Roseana Sarney (PMDB), que assumiu o governo após a cassação do ex-governador. Dilma afirmou que isso não seria problema, e lembrou que Lago foi seu companheiro de PDT.

– O partido disse que não poderia ficar desmoralizado no Maranhão. A ministra Dilma disse que não teria dificuldade nesse ponto, e assumiu o compromisso de subir no palanque de Jackson Lago – informou o deputado Brizola Neto (PDT-RJ).

No Maranhão, o PT deverá fechar apoio à governadora Roseana Sarney (PMDB), mas o PDT não quer Dilma só no palanque da peemedebista. Os pedetistas lançarão o ex-governador Jackson Lago, que, cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu lugar à Roseana. “Se a ministra subir no palanque da Roseana, vai ter que subir no nosso também”,sublinhou Dagoberto Nogueira (MS), líder do PDT na Câmara. “A governadora golpista não pode ter tratamento privilegiado”, afirmou o deputado Brizola Neto (PDT-RJ), que também esteve no almoço.

A reunião em Brasília serviu para formalizar o apoio do PDT a Dilma e traçar um cenário dos 27 estados. O Paraná e o Maranhão são as duas principais apostas do PDT.



PALAVRA DA VELHA:


Transcrevi acima trechos do texto publicado no blog do Brizola Neto para mostrar a quantas andam as negociações e conchavos políticos para 2010 que nos afeta diretamente.

Como todos os maranhenses sabem o cenário político aqui é bem diferenciado dos demais estados. Aqui Lula tem um grande imbróglio que pode tumultuar a tão midiática campanha da Ministra Dilma Roussef .

Só no Maranhão (ainda curral dos Sarney, não pela vontade do povo, mas pelo poder de barganha) o Presidente se vê numa situação que chega a ser vexatória: como deixar de apoiar o Governador Jackson Lago, líder da oposição ao coronelismo que Lula tanto condenava, para apoiar a filha do Coronel responsável pela devastação do Estado do Maranhão?

Bem, fazer isso na política é fácil e já vimos o Presidente faze-lo em 2006, ao vir ao Maranhão fazer um comício desesperado no final do 2º turno na vã tentativa de mudar o cenário daquela eleição. Vã tentativa...

Agora o cenário é outro: o Presidente Lula, que detém de carisma e popularidade intranferíveis, não é o candidato, e assim não sendo ele tem que buscar voto, e quanto a voto o Maranhão já provou que não está mais no cabresto. Agora nos resta assistir os próximos capítulos e nos indagar: Será que em 2010 Lula subirá ao palanque de Roseana Sarney com a mesma desenvoltura que o fez em 2006? É esperar para ver...

FIQUE DE OLHO!

4 comentários:

  1. Com ou sem Lula e Dilma, Roseana tem condições de vencer as eleições. As pesquisas de intenções de votos comprovam isso.

    ResponderExcluir
  2. Acho muito estranha essa história de palanque duplo. Pra mim o presidente tem que escolher um lado. E se ele sabe o que é bom para o Maranhão vai ficar do lado de Roseana.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,

    seu blog é muito rico,continue assim...

    amigo,qual é a realidade do movimento estudantil?

    Atualmente a juventude, principalmente a classe estudantil estar muito a mercê da política partidária, um exemplo disso é movimento estudantil (Movimento que tem grande porcentagem de jovens), a cada dia a partidarização toma conta desse movimento, prova disto é o crescimento da militância partidária no Brasil.
    A militância partidária na diretoria de entidades representativas enfraquece o Movimento Estudantil, desmonta a base motora do mesmo e desvia o foco de atenção dos estudantes de suas causas e necessidades, centralizando a discussão em problemas e causas partidárias.
    Defendo que a militância partidária é saudável, desde que feita fora do Movimento Estudantil. O verdadeiro Movimento Estudantil existe quando estudantes fazem políticas para estudantes e atendem aos interesses da classe estudantil, não aos interesses dos partidos a que são filiados.
    Os partidos quando se envolvem acabam transformando os movimentos estudantis em cobaias e palanques eleitorais, influenciando e alterando radicalmente agenda do movimento.

    Você acha que o movimento estudantil pode ou não estar envolvido com a política partidária?

    acesse e me responda:

    http://marcosleitte.blogspot.com

    ah!Entre em contato para que possamos fechar uma parceria!

    MARCOS LEITE.

    marcosfariasleite@hotmail.com

    http://marcosleitte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olhem só no que deu a reunião de ROSEANA com o PT:
    “A Roseana foi muito mais clara que o Flávio Dino (PCdoB) na conversa que teve com o PT”, declarou Evandro Sousa, ex-coordenador da campanha de Lula no Maranhão - Olha a declaração desse Roseanista do PT ja babando Roseana toda, nem esteve presente no dia em que Flávio foi ao PT. kkkkkk GENTEEE BABAÇÃO TEM HORAAAAAA.

    Dos 17 membros da Executiva, nove compareceram: Raimundo Monteiro (presidente), Washington Luis Oliveira (1º vogal), Fernando Magalhães (Secretário Geral), Mundico Teixeira (Tesoureiro), Fábio Dias (Comunicação), Socorro Lago (Movimentos Populares), José Inácio Rodrigues (Secretaria Agrária), Edmilson Carneiro (Relações Institucionais) e Juscelina Ramos Vale (4ª vogal), o secretário José Antonio Heluy (Trabalho), o vice-prefeito de Açailândia, Antonio Erismar. Esses Roseana desde de pequeninos que não é nenhuma novidade.
    A pergunta que não quer calar, SÓ NOVE APARECERAM, será que o dinheiro apreedido tem algo com isso???
    Cadê o resto??? Esse poderio tão cantado em verso e prosa para só NOVE dos DEZESSETE aparecerem. Ei Rosa, cuidaaaaadoooo, acho que tu te enganou, depois de sábado convoca outra reunião na tua casa para ver quantos mais irão, ou tu só vai desfilar com esses NOVEEEEEE do PT?
    Rose foi um fiascooo essa reuniãoooozinhaaaa. Flávio lotou o PT, tinha gente em pé e na rua por falta de espaço e o discursoooo foi bommmmm.

    vistem nosso blog, é só coisa fina......
    wwww.hermesmensageiro.blogspot.com

    ResponderExcluir